SEJA BEM VINDO, AMIGO (A)*****************ESTE É O BLOG: MIGUEL JR ARTS*************************************************************************************************************************SEJA BEM VINDO, AMIGO (A)*****************ESTE É O BLOG: MIGUEL JR ARTS*************************************************************************************************************************
Contador Grátis Miguel Souto: Dezembro 2016

Quem sou eu

Minha foto

Radialista, nascido em Aracaju-Se, estudante de administração, amante da astronomia - vê na Ciência/Cosmologia o meio para a resposta da maioria das grandes questões. Compositor que também desenha, e além disso, escreve roteiros e cria outras coisas. Ateu, empático, pacifista. Apaixonado por rock, música eletrônica e filmes, sobretudo de ficção. Autodidata, obsecado por conhecimento.

MINHAS ANIMAÇÕES

Loading...

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

DESENHOS/CARICATURAS MIGUEL SOUTO


Olá. Desenho feito por encomenda para minha prima Jassiara, criado no Corel e Photoshop com referência a uma imagem divulgada na internet.

Se desejar um desenho similar ou caricatura basta entrar em contato.

Desenho similar ao divulgado acima: R$ 100,00
Caricatura individual Básica (sem detalhes e realismo): R$ 90,00!
Caricatura individual Vip (com máximo detalhes e realismo): R$ 160,00!
Caricatura casal Vip: R$ 280,00!

Ótima dica de presente original e inesquecível para aquela pessoa especial!
Entre em contato: migueljrarts@hotmail.com ou (79) 99645-8089.

Obrigado.


Há, ótimo 2017! Saúde e conquistas pra você! Continuaremos juntos!

domingo, 18 de dezembro de 2016

MEDLEY "SUNSHINE"



Olá. Confira minha mais nova produção musical: 'Medley Sunshine', remix original de minhas três músicas em inglês: "Sunshine", "Lost" e "Dont be Afraid", mixadas em Electro Dance, utilizando apenas os respectivos refrões. 

Programas utilizados: FLStudio e Reaper. Principais plugins usados: Sylenth e Nexus.

Apesar de ter curta duração, acredito que ficou bem dançante e envolvente, com voz mixada na medida certa, dessa vez. Breve postarei playback.

Quer escutá-la no House-Mixes? Clique aqui.

Se preferir, pode escutá-la no PalcoMP3!

Video do Medley publicado no youtube pra vc curtir:





Thanks.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

SUNSHINE - DONT BE AFRAID - LOST

Confira minha primeira composição em inglês, "Sunshine", no SoundCloud:





Abaixo, minha segunda música em inglês, "Dont be Afraid":





Minha terceira e mais recente composição "Lost":





Você pode ainda acompanhar essas e outras músicas no meu canal no Palco MP3 clicando aqui.

Se preferir tenho um canal no House-Mixes.

Comente, compartilhe. Thank you.


quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

COMPOSIÇÕES MUSICAIS EM INGLÊS



Vamos falar sobre música, criação, produção e registro?





SOBRE ESCOLHA DE GÊNERO MUSICAL



Não é a primeira vez que componho, afinal tenho mais de 20 músicas registradas na BN, estilos Pop/Rock/Dance (em português), mas é a primeira experiência na língua inglesa, o que por si só carrega um enorme desafio, e proporcionalmente abre maiores possibilidades.

Esse projeto foi iniciado em julho deste ano, pelo menos a criação propriamente dita. A aquisição do teclado Casio CTK 3200 alguns meses antes, já foi objetivando tal trabalho.

As 13 músicas que tenho no gênero dance - que tanto aprecio - são, como comentei, em português. Quando as criei em parceria com o amigo Silveston S. em 2010, tinha o objetivo de enviá-las à gravadoras nacionais especializadas no gênero. E o fizemos.

A gravadora recusou o material, o que nos deixou desapontados, porém com isso, constatamos na prática uma realidade gritante: músicas dance em português não tem mercado, exceto poucos ótimos hits como "Libera extravasa" do Grupo ALG ou versões brasileiras de sucessos mundiais.

Todo esse relato acima é apenas pra você perceber o quanto a escolha do gênero musical e língua escolhida numa composição limita suas chances no mercado. Por isso a necessidade de compor em inglês.

É importante ressaltar: não desisti de criar músicas na nossa língua: as outras 14 composições registradas que tenho são em português e no gênero pop/rock, além de que mantenho parceria com meu primo Moyzheys Reeves e registraremos em breve música sertaneja, de axé e de forró.




SOBRE AS COMPOSIÇÕES EM INGLÊS


As músicas que mais aprecio são na língua inglesa e mesmo tendo tanto contato com essa língua, inclusive em filmes, não a domino - tenho apenas a percepção básica de um iniciante.

Para compor, como de praxe, criei a melodia oralmente, assoviando, cantarolando mesmo, depois defini acordes no teclado, elaborei a letra em português, recorrendo por fim ao Google Translate, fazendo as desafiadoras adaptações necessárias.

É desafiador compor em inglês, principalmente quando você não é fluente, por que as palavras devem adaptar-se na melodia, não só na escrita como na pronúncia. É imprescindível compactar, expandir a pronúncia de uma sílaba ou mesmo repeti-la. Por exemplo: na música 'Sunshine', se eu cantasse apenas a frase: "IT IS SO COLD" não preencheria o espaço necessário, mesmo demorando na pronúncia da sílaba "SO", por isso utilizei do recurso de repetição: "IT IS SO... SO COLD".

Há ainda os possíveis erros gramaticais ou de significado que você deve superar. Por exemplo, na música 'Dont be afraid' um dos versos originais na segunda estrofe era: "WELL NEAR THE ABYSS, OH NO", mas seu significado real não indicava o risco e a proximidade do abismo, sendo corrigido para: "CLOSE TO THE ABYSS, NO". Sim, ainda tive que excluir o "OH", para fluir corretamente.

Por fim, você deve atentar-se as falhas na pronúncia, e claro, afinação.

Sobre as correções gramaticais e na fonética meus agradecimentos especiais ao professor de inglês Rússeo A., que também é músico e compositor. Seu auxílio foi primordial na escrita correta - minha maior preocupação -, e na análise e eliminação de erros graves na pronúncia.

Minha maior preocupação sempre foi a escrita correta, pois embora tenhamos a liçença poética, é preciso que a mensagem tenha significado claro e esteja formalmente apresentável e articulada.

Quanto a pronúncia, considerando que não sou cantor nem poliglota, são perdoáveis tais falhas, que sei que existem. Na verdade deveria contratar uma cantora e estúdio profissional, mas dada as limitações financeiras, eu mesmo assumi os riscos, recebendo imediatamente elogios da minha mãe na composição, não no canto. Risos

Ratificando: a prioridade desse projeto é difundir a obra, não o intérprete. 







PROGRAMAS E EQUIPAMENTOS UTILIZADOS


Como proferi acima, os recursos estavam limitados, por isso toda a produção foi com softwares, plugins, e a gravação em casa.

Após determinar acordes no teclado Casio CTK 3200, abri o F L Studio 12 e recriei acordes, utilizando por exemplo, o plugin Real Guitar. Na pista de bateria usei o plugin Addictive Drums. Trabalhei ainda com outros plugins VSTis como "Edirol Orchestral VSTi" para simulação de violinos, celo, "ReFx Nexus" para pianos, "Sylenth" etc.

Após playback finalizado, o que resultou num trabalho e aprimoramento de mais de dois meses, trabalhei com o "Reaper" para adicionar voz. Descobri esse programa recentemente e o amei. A facilidade em criar pistas, gravar e editar, semelhante ao Vegas foi o que me encantou. Breve postarei uma pequena video aula sobre sua utilização.

A captação da voz foi a partir de mesa Behringer EuroRack UB 802 e placa UCA 202.



REGISTRO


O registro foi rápido e fácil no ótimo site Musicas Registradas. O prazo de entrega de certificado digital é em até dois dias úteis.

O que consumiu maior tempo foi a produção dos playbacks, revisão gramatical e na pronúncia.

Inicialmente o objetivo era registrar as músicas nos gêneros dance, trance e eletro, inclusive tenho todo trabalho finalizado, com exceção da voz. Mas atendendo a recomendação do amigo compositor e cantor gospel Jodevan optei em adaptá-las ao gênero pop, voz e violão. Isso abre maiores possibilidades de mercado, não se restringindo a um gênero específico, pois um produtor ou cantor de música eletrônica ou banda de rock, por exemplo, pode se interessar e regravá-la a seu estilo.

Após terminar as primeiras versões eletrônicas, improvisei um medley em voz e violão utilizando o Real Guitar que acabara de conhecer. Foi exatamente esse medley que serviu de base para as três músicas nessa versão de registro. Acrescentei dedilhados, violinos e outros elementos para diferenciá-las.


Há, pretendo em breve divulgar as versões em remix das três músicas. 



DADOS CURIOSOS


* A música "Dont be afraid" originalmente estava em F, mas devido as minhas limitações vocais visíveis, baixei para D#, e a versão final ainda sofreu outra diminuição no tom.

* É possível detectar pequeno ruído na gravação da voz, devido a falta de isolamento.

* Embora não tenha comprometido o trabalho final, admito que exagerei no Reverb e volume da voz. Explicarei: após o projeto finalizado no Reaper, levei a gravação da voz para o Sound Forge, adicionando Wave Hammer e compressor. Padronizei excessos, mas simultaneamente destaquei ruído. Depois, voltando ao Reaper acrescentei mais reverb e praticamente não diminuí volume. 

Proporcionalmente a voz ficou no mínimo 1,5 decibéis acima do que deveria, mas como disse, não prejudica potencialmente o resultado, apesar de ser perceptível. Isso demonstra falta de experiência do produtor ou do ponto de vista eufemista e positivo, proposital destaque a melodia principal; Ainda assim, um erro com a adição de efeitos de reverb em demasia. Já comentei e vou ratificar: foram esforços para melhorar a performance vocal. Terei mais atenção nas próximas.

* Instalei o bom programa Melodyne Studio 4 e ainda o utilizei na análise da voz, mas na última versão optei em não aplicá-lo. Ainda não o domino plenamente e em alguns trechos a voz ficava mecanizada com alterações sutis irreversíveis.

* Os simples clipes que criei com músicas legendadas para divulgação foram feitos no Sony Vegas 13. Devido ao processador e memória ram limitados, e inexistência de placa de vídeo, a renderização dos 3 minutos em 1080p levaram quase uma hora e meia! Haja paciência, né?

Invista em placa de video, memória ram e processador. Farei isso em breve. Se você não faz upgrade fica refém desse cenário anima :(

* Para não deixar a tela totalmente branca no clipe, desenhei no coreldraw o rosto de uma garota estilizado, com nuances de nota musical. Após finalizá-lo no Photoshop, empreguei leve movimento de zoom no SonyVegas em sua duplicação um pouco opaca.

* A melodia e letra da música "Sunshine" foi criada em 13 de julho de 2016. As outras uma semana depois.

* A música instrumental "Momentos" foi criada em agosto do corrente ano, usando o teclado Casio para acordes principais.

* Adicionei na margem esquerda o nome do Estado onde resido, uma singela homenagem a Sergipe. Aqui também se produz músicas em inglês para o universo Pop.

* A música "Sunshine" originalmente teria 2'37'' de duração, mas resolvi acrescentar uma parte instrumental, enfatizando a principal melodia do refrão com violinos e teclado no final, o que foi uma decisão acertada, presumo. Nessa parte usei os plugins 'Orchestral', com três pistas distintas, 'Add Drums' modificada e na última parte um piano do 'Nexus'. O programa travou várias vezes devido ao alto uso de memória.

* A música "Dont be afraid" é direcionada aquelas pessoas que enfrentam dificuldades psicológicas momentâneas, solidão, tristeza. O foco é a motivação.

* A música "Sunshine" traz aspectos saudosistas, lembranças de alguém especial. Em parte é baseada numa experiência pessoal do compositor, quando na adolescência admirava uma garota(...) É ainda fruto de uma profunda reflexão, uma análise intrínseca da condição mortal do homem e sua impotência, destacada sobretudo nos primeiros versos. Sim, todos nós um dia iremos embora da existência:"All go way one day".

* Nessa mesma música a ideia original era reservar duas estrofes sobre reflexão existencialista. Algo como: "Somos apenas um grão de areia nesse assombroso Universo" e etc, mas visando a objetividade comercial e direcionamento sentimental, suprimi tais estrofes, atenuando algumas expressões menos usuais, simplificando todo conteúdo nos três versos. Ainda poderei compor com esse conceito mais expandido, irrestrito e liberto.

* A música "Lost" aborda o fim de relacionamentos. Se não houver nutrição diária o amor torna-se frio. O casal, mesmo residindo sob mesmo teto, está distante um do outro.

* As influências musicais diretas do compositor para estas versões registradas são do grande Rei Elvis Presley e de ótimas bandas de rock como Travis.

 * O nome Miguel Souto é em homenagem a minha mãe Maria José Souto. Estendi essa homenagem ao universo musical. Inclusive o registro da música 'Lost' no Musicas Registradas e de todos os outros na BN foram com o pseudônimo 'Miguel Jr'. É impossível alterá-lo nas obras já registradas.

* Inicialmente toda a voz teria efeito de delay, incluindo a segunda voz, mas percebi que isso é adequado unicamente a músicas dance, não a voz e violão. Por isso a busca frenética por plugins como "Izotope" e diversos 'reverberes'. Ainda testei o Auto Tune, na tentativa de melhorar a voz, mas não o apliquei.





AGRADECIMENTOS



Ao amigo Marcos Caraíba, pelas audições cuidadosas, relevantes recomendações, críticas e motivações, desde a primeira e rústica versão de cada uma das três músicas e até de dois protótipos que se perderam (ou foram sumariamente eliminados pelo compositor). Risos

Ao amigo compositor Jodevan pelas grandes dicas técnicas e apreciação.

Ao professor de inglês Rússeo A. pela análise detalhada e paciência na revisão gramatical e na pronúncia.

Ao primo compositor Moyzheys Reeves pelo incentivo de sempre, ao amigo Hélio pela motivação, ao amigo compositor Maik (Maxwell Nunes) pelo auxílio inicial na correção gramatical e atenção. Acesse o canal e confira suas obras nesse link. À toda família também pela motivação e amigos do HiperSom e da rede, que direta ou indiretamente demonstraram algum interesse.


CONTATO COMERCIAL


Se você gostou de uma das músicas ou todas elas entre em contato: migueljrarts@hotmail.com ou pelo telefone:(79) 99645-8089.

Estarei disposto a negociações comerciais, afinal o objetivo, além de imortalizar a obra, sempre foi apresentá-la para apreciação de profissionais e bandas interessadas, quer no Brasil ou fora dele.

Tenho a esperança de vê-las apresentadas nas vozes consagradas dos grandes nomes do universo pop, dance ou rock. Será memorável.

Obrigado pela leitura até aqui, por conferir as músicas. Curta, compartilhe, comente. Estou preparado para as críticas - e as mereço mesmo, afinal acho que desafinei em alguns momentos -, mas não deixe de comentar, preferencialmente construtivamente. 

Thanks. See ya!